INSTITUIÇÕES DE ENSINO
SUPERIOR(IES)

São socioambientalmente responsáveis pela realização de práticas sustentáveis inovadoras no âmbito do ensino, pesquisa e extensão e devem atuar no âmbito da formulação e execução de programas e atividades vinculadas à educação ambiental não-formal, além de firmar parcerias com empresas públicas e privadas no desenvolvimento de programas de educação ambiental.


RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL
DAS IES

Encontra-se disciplinada expressamente no ordenamento jurídico brasileiro. Entre os diplomas normativos que disciplinam o assunto, destacam-se:

  • Constituição Federal da República Federativa do Brasil, de 1988;
  • Políticas Nacionais: Meio Ambiente (Lei 6.938/1981); Educação Ambiental (Lei 9.795/1999); Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010); Recursos Hídricos (Lei 9.433/1997).
  • Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996)
  • Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES (Lei 10.861/2004).
  • Estatuto do idoso (Lei 10.741/2003).
  • Estatuto da criança e do adolescente (Lei 8069/1990)
  • Resolução CNE/CES 7, de 18 Dezembro de 2018
  • Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei 13.709/2018)
  • Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/2014)

  • PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS
    INOVADORAS

    São ações de responsabilidade socioambiental que observam o ordenamento jurídico nacional quanto aos aspectos de inclusão social, desenvolvimento econômico e social, defesa do meio ambiente, memória cultural, produção artística e patrimônio cultural. Podem ser classificadas em três categorias: PRÁTICAS EDUCACIONAIS INOVADORAS; COMPROMISSO SOCIAL e GESTÃO AMBIENTAL.




    Missão

    Contribuir para a realização de ideais e sonhos, formando profissionais de excelência, mantendo o compromisso com o desenvolvimento socioambiental, científico e cultural.


    Valores

    1. Respeito ao homem e à sua diversidade, aos princípios democráticos e aos direitos humanos.
    2. Responsabilidade social e ambiental.
    3. Compreensão do ser humano como centro do processo educativo.
    4. Contribuição com as transformações científicas, econômicas, políticas, sociais, culturais e tecnológicas.
    5. Compromisso com a ética, a arte e a estética.


    Visão

    Ter a preferência regional e estar entre as 10 melhores Universidades particulares do Brasil.(Avaliação pelo IGC - Índice Geral de Cursos/MEC, até 2014)